Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Sangue e caos': príncipe saudita chama Trump de 'oportunista' por decisão sobre Jerusalém

O ex-chefe da inteligência saudita, o Príncipe Turki al-Faisal, criticou o reconhecimento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de Jerusalém como a capital de Israel, em uma das mais acentuadas reações do reino aliado de Washington no Oriente Médio.
Sputnik

Em uma carta a Trump publicada em um jornal saudita nesta segunda-feira, o príncipe Turki, um ex-embaixador em Washington que agora não ocupa nenhum cargo do governo, mas continua influente, chamou a decisão de uma estratagema política doméstica que provocaria violência.


"O derramamento de sangue e o caos definitivamente seguirão sua tentativa oportunista de ganhar eleitoralmente", escreveu o príncipe Turki em uma carta publicada no jornal saudita al-Jazeera.

Trump inverteu décadas de política dos EUA e virou do consenso da crítica internacional na semana passada, reconhecendo Jerusalém como a capital de Israel. A maioria dos países diz que o status da cidade deve ser deixado para negociações entre Israel e os pales…

Bombardeiros russos terão sistema de navegação por estrelas

As aeronaves da aviação estratégica russa, inclusive os bombardeiros Tu-160, utilizarão um sistema de navegação por estrelas, comunicou o consórcio de Tecnologias Radioeletrônicas (KRET, na sigla em russo).


Sputnik

"O sistema de astronavegação ANS-2009 permite determinar com grande exatidão as coordenadas do avião utilizando dados sobre a posição das estrelas", diz o texto. A partir desses dados, o sistema de cálculo determinará as coordenadas geográficas e a rota a ser seguida pelo avião.


Tu-160
Tupolev Tu-160 Blackjack © flickr.com/ Eric Bannwarth / AviaScribe Intl.

O vice-diretor geral do consórcio, Vladimir Mikheev, comentou que é um método "extremamente seguro em condições de guerra, quando o inimigo pode alterar o funcionamento dos satélites de navegação."

O KRET desenvolve e produz equipamentos radioeletrônicos para aviação civil e militar, radares de bordo, identificadores amigo-inimigo, sistemas para guerra eletrônica e instrumentos de medição de uso variado.

Criado em 2009, o grupo KRET forma parte da corporação estatal Roster (Tecnologias da Rússia) e aglutina mais de uma centena de centros de pesquisa e escritórios de design em 29 regiões do país.



Postar um comentário