Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Tecnologia stealth brasileira

Conheça o tecnológico processo de pintura desenvolvido pela IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço), que possibilita reduzir drasticamente a visibilidade de equipamentos militares aos radares inimigos.
Global Militar


China, Índia e Iraque: maiores importadores de armas da estatal russa Rostec

Índia, China e Iraque foram responsáveis pela maior parte das encomendas de armas e equipamentos militares da estatal russa Rostec em 2014, de acordo com o relatório anual da empresa publicado nesta quarta-feira (22).


Sputnik

"As encomendas de equipamentos militares foram enviadas para 59 países. Os principais importadores da empresa foram a Índia (25%), a China (22%), o Iraque (22%), a Síria (5%) e a Venezuela (5%). Geograficamente, as maiores exportações de equipamento militar foram para a Ásia (75%), a América Latina (9%) e o Oriente Médio (7%)", afirma o documento.





O relatório anual da Rostec também mostra que as exportações militares para as ex-repúblicas soviéticas caíram drasticamente em 2014, para 370 milhões de dólares. Em 2013, as transações comerciais do setor chegaram a 1,5 bilhão de dólares.

No total, entretanto, a empresa cumpriu 9.400 contratos no ano passado – um aumento de 54% em comparação com 2013.

Postar um comentário