Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Estados Unidos elaboram sistema transportável de luta contra drones

A companhia norte-americana Sierra Nevada elaborou uma instalação compacta para luta contra drones que pode ser instalada em picapes e funcionar eficazmente durante o movimento, informa o portal Defense News.
Sputnik

O novo sistema chamado X-Madis pode detectar, identificar e atingir os alvos com meios de guerra eletrônica mesmo em movimento à velocidade de até 80 km/h. Entretanto, para usar o sistema basta um só operador que o poderá dirigir da cabine do veículo, comunica o portal.

Segundo explicaram na companhia, o X-Madis pode ser instalado em várias plataformas móveis, tais como picapes pesadas, veículos todo-o-terreno leves ou barcos.

Além disso, o sistema já foi testado em vários tipos de veículos militares que estão em serviço do exército norte-americano.

O novo dispositivo foi apresentado na exposição SOFIC 2018 que atualmente está sendo realizada em Tampa, no estado norte-americano da Flórida.

China, Índia e Iraque: maiores importadores de armas da estatal russa Rostec

Índia, China e Iraque foram responsáveis pela maior parte das encomendas de armas e equipamentos militares da estatal russa Rostec em 2014, de acordo com o relatório anual da empresa publicado nesta quarta-feira (22).


Sputnik

"As encomendas de equipamentos militares foram enviadas para 59 países. Os principais importadores da empresa foram a Índia (25%), a China (22%), o Iraque (22%), a Síria (5%) e a Venezuela (5%). Geograficamente, as maiores exportações de equipamento militar foram para a Ásia (75%), a América Latina (9%) e o Oriente Médio (7%)", afirma o documento.





O relatório anual da Rostec também mostra que as exportações militares para as ex-repúblicas soviéticas caíram drasticamente em 2014, para 370 milhões de dólares. Em 2013, as transações comerciais do setor chegaram a 1,5 bilhão de dólares.

No total, entretanto, a empresa cumpriu 9.400 contratos no ano passado – um aumento de 54% em comparação com 2013.

Postar um comentário