Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

EUA bombardeiam Estado Islâmico em posições no Iraque

Correio do Brasil, com agências internacionais - de Bagdá

Estados Unidos e seus aliados bombardearam alvos do Estado Islâmico no Iraque na noite passada, com 23 ataques aéreos, atingindo o grupo militante perto de Tal Afar e Ramadi, afirmaram neste sábado militares norte-americanos.


Loja danificada após o que militantes do Estado Islâmico dizem ter sido um ataque de um drone dos EUA a um estação de comunicação em Raqqa, na SíriaLoja danificada após o que militantes do Estado Islâmico dizem ter sido um ataque de um drone dos EUA

Referindo-se ao grupo militante como Daesh, o coronel Wayne Morotto, chefe de relações públicas para a Força-Tarefa Combinada Conjunta, disse em um comunicado: “Quando a coalizão detectar e identificar positivamente alvos Daesh, nós atacaremos incansavelmente e nossos ataques exercem um pesado custo sobre este inimigo brutal”.

Quase metade dos ataques, 10, atingiram alvos perto de Tal Afar, onde destruíram um prédio do Estado Islâmico e veículos e unidades táticas danificadas, áreas de estágio, esconderijos de armas e um centro de comando e controle, de acordo com os militares.

Cinco ataques próximos a Ramadi dispositivos de explosivos improvisados do Estado Islâmico, veículos e posições de combate, ao mesmo tempo, atingiram unidades táticas, segundo os militares.

Separadamente, as forças da coalizão também lançaram oito ataques aéreos na Síria com a maioria, cinco, atingindo alvos perto de Al Hasakah, reportaram os militares dos EUA.



Postar um comentário