Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministro israelense ameaça devolver Líbano à 'Idade da Pedra'

Em entrevista ao portal saudita Elaph, o ministro da Inteligência de Israel, Yisrael Katz, avisou que seu país não hesitará em atacar o Líbano para deter a atividade do grupo xiita libanês Hezbollah, e ameaçou devolver o Líbano à "Idade da Pedra", informou o jornal israelense Haaretz.
Sputnik

Além disso, Katz anunciou que Israel atacará instalações militares do Irã no Líbano: "Temos informações de que o Irã está construindo fábricas de mísseis avançados no Líbano e quero enfatizar que traçamos uma linha vermelha e que não deixaremos que o faça custe o que custar", acrescentou.


Lembrando-se da Segunda Guerra do Líbano em 2006, onde Israel lutou contra o Hezbollah, Katz destacou que os eventos de 11 anos atrás serão um "piquenique" em comparação com o que Israel pode fazer agora.

"Lembro-me de como um ministro saudita disse que devolveria o Hezbollah às suas cavernas no sul do Líbano. Devolveremos o Líbano à Idade da Pedra", declarou o ministro israel…

Exercícios navais russo-indianos acontecerão em novembro

O Distrito Militar do Sul do Ministério da Defesa russo informou nesta terça-feira (28) que os exercícios militares entre a Rússia e a Índia acontecerão em novembro, de acordo com uma autorização da ONU.


Sputnik

Os exercícios russo-indianos INDRA-2015 serão realizados na Faixa Mahajan, no estado de Rajasthan, na Índia, segundo destacou um comunicado de imprensa do Distrito Militar do Sul. As manobras serão executadas durante 13 dias e estarão centradas na execução conjunta de táticas de paz.


Ensaio para a parada do dia da Marinha em Baltiysk
© Sputnik/ Igor Zarembo

No domingo (26), o presidente russo, Vladimir Putin, aprovou a nova doutrina naval do país. O documento prevê um estreitamento da cooperação com a Índia e a China. Os representantes da Frota do Pacífico da Rússia e os chefes da Marinha da Índia discutirão, ainda este mês, em Vladivostok, questões de organização e planejamento, os prazos e áreas de manobras conjuntas do INDRA-2015.


Postar um comentário