Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Hackers atacam mísseis Patriot na Turquia

Hackers desconhecidos atacaram os sistemas de misseis antiaéreos Patriot posicionados no sul da Turquia, perto da fronteira com a Síria, informou o jornal alemão Behörden Spiegel.


Sputnik

Seis lança-mísseis e dois radares do Patriot, de fabricação americana, começaram a executar comandos desconhecidos durante um período de tempo, informou a fonte sem precisar quando ocorreu o incidente.

Patriot, sistema de misiles tierra-aire de largo alcance fabricado por la compañía estadounidense Raytheon
MIM-104 Patriot © AFP 2015/ Bulent Kilic

Os sistemas Patriot, segundo o jornal, possuem dois pontos vulneráveis a cyberataques: a conexão entre os componentes e o chip do sistema de navegação.

"Esses sistemas não estão conectados às redes públicas e requerem códigos especiais para lançar um míssil (…) normalmente se requer um código de duas ou três pessoas para dispará-lo ou executar algo relevante", disse o consultor de segurança em informática Jonathan Schifreen.

Os sistemas antiaéreos Patriot, usados pelos EUA pela primeira vez há 30 anos, foram posicionados na Turquia pela Alemanha para proteger os integrantes da OTAN diante da ameaça proveniente da Síria, onde as hostilidades seguem acontecendo.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas