Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Novos helicópteros ajudarão a reforçar segurança da fronteira russa com a Europa Oriental

Mais de 20 helicópteros de ataque aumentarão o poder das Forças Armadas russas na fronteira oeste do país até o final de 2015, segundo informou nesta terça-feira (30) o porta-voz Distrito Militar Oeste, coronel Oleg Kochetkov.


Sputnik

“As novas aeronaves do exército serão equipadas com sistemas eletrônicos de ponta que lhes permitam executar tarefas de treinamento e de combate 24 horas por dia em quaisquer condições meteorológicas”, disse Kochetkov.


Helicóptero Mi-28.
Mi-28 Night Hunter © Sputnik/ Anton Deniso

Novos Mi-28Ns, Mi-26Ts e Mi-8MTV5s, fabricados pela companhia de helicópteros Mil Moscow, entrarão em serviço em regiões mais ocidentais da Rússia, como Leningrado, Pskov e Smolensk.

O anúncio vem em meio ao aumento de tensões como resultado da presença militar da OTAN, liderada pelos EUA, na fronteira da Rússia com a Europa Oriental.

Postar um comentário