Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Países muçulmanos reconhecem Jerusalém como capital do Estado da Palestina

Os países da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) acordaram nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidaram as outras nações a fazer o mesmo, em resposta à decisão dos EUA de declarar Jerusalém como capital de Israel.
EFE

"Declaramos Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidamos todos os países a reconhecer o Estado da Palestina com Jerusalém Oriental como sua capital ocupada", indica a minuta da declaração preparada nesta quarta-feira em Istambul por esta organização, formada por 57 países de maioria muçulmana.


A OCI, formada por 57 países de maioria muçulmana, inclui desde sua fundação em 1969 a Palestina como membro pleno, com sua capital em Jerusalém.

O documento, apresentado pelos "reis, chefes de Estado e de Governo dos Estados membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)", apresenta em 23 pontos a postura do mundo muçulmano perante a decisão dos EUA.

Nesse texto, a OCI &quo…

Paris e Moscou assinam acordo preliminar relativo a navios Mistral

De acordo com uma fonte da entidade russa de cooperação técnico-militar, Paris e Moscou acordaram preliminarmente uma indenização pela não-entrega por França dos porta-helicópteros da classe Mistral encomendados pela Rússia.


Sputnik

A próxima fase de consultas sobre a quebra do contrato terá lugar em julho, segundo declarou uma fonte da cooperação técnico-militar nesta quinta-feira.




"A Rússia e a França ainda não chegaram a um acordo final sobre a indenização pela não-entrega dos Mistrais. O acordo é "preliminar" porque a decisão precisa ser aprovada agora pelos governos de ambos os países".

Anteriormente, a imprensa informou que a França estava aparentemente preparada para devolver cerca de 800 milhões de euros para Moscou, no entanto, Moscou insistia em 1,1 bilhões de euros.


Postar um comentário