Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Rússia ameaça responder à possível implantação de sistema antimísseis dos EUA na Ucrânia

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que, se a Ucrânia implantar elementos de sistemas de defesa antimísseis dos EUA em seu território, a Rússia terá de responder, a fim de garantir a sua própria segurança.


Sputnik

No início do dia, o secretário do Serviço de Segurança Nacional ucraniano, Oleksander Turchynov, de Segurança Nacional disse que Kiev pode considerar a colocação de sistemas de defesa antimísseis no seu território após consultas.


A U.S. soldier stands next to a Patriot surface-to-air missile battery at an army base in Morag
© AP Photo/ Czarek Sokolowsk

“Se isso significa que a Ucrânia planeja implantar elementos de sistemas de defesa antimísseis dos EUA no seu território, então, obviamente, isso poderia ser entendido como sendo completamente negativo, porque seria uma ameaça para a Federação Russa,” disse Peskov.

O assessor completou dizendo que a Rússia seria obrigada a responder. “Se os sistemas de defesa antimísseis dos EUA forem implantados na Ucrânia, a Rússia precisaria tomar medidas de resposta para fornecer para sua própria segurança.”


Postar um comentário

Postagens mais visitadas