Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Rússia desenvolve sistema de comunicação inédito para futuros caças

Engenheiros russos estão desenvolvendo um sistema de comunicação sem igual para a próxima geração de caças bombardeiros PAK DA, que conseguirão realizar análises, promover mudanças e alterar seus modos de operação, informou à Sputnik um representante da empresa russa United Instrument Manufacturing Corporation (UIMC).


Sputnik

O sistema de comunicação será produzido domesticamente, de acordo com a UIMC, que faz parte da corporação estatal russa Rostec.


A PAK FA T-50 fighter jet
Sukhoi T-50 © Sputnik/ Alexey Filippov

“O novo hardware é feito para fornecer comunicações robustas com o caça bombardeiro independentemente de alcance e sob as condições mais extremas, inclusive quando houver interferência”, afirmou a fonte da UIMC, que disse ainda que os sistemas terão dois novos recursos — comunicação segura e rádio cognitivo.

O sistema é capaz de analisar suas condições de funcionamento e fazer ajustes baseado no diagnóstico. Além disso, é capaz de transmitir dados sem que a informação seja captada por scanners inimigos.

“O sistema de antena da aeronave é desenvolvido a partir do conceito de ‘pele inteligente “, afirmou a fonte. Segundo ela, o revestimento do caça ajudará a melhorar sua aerodinâmica e sua capacidade furtiva.

A expectativa é que os caças bombardeiros PAK DA, baseados no Tupolev Tu-160, passem a integrar as forças russas em 2023. Há quem diga que a aeronave pode ser equipada com armas hipersônicas. O avião também deve trazer alguns equipamentos dos caças PAK FA de quinta geração.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas