Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Países muçulmanos reconhecem Jerusalém como capital do Estado da Palestina

Os países da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) acordaram nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidaram as outras nações a fazer o mesmo, em resposta à decisão dos EUA de declarar Jerusalém como capital de Israel.
EFE

"Declaramos Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidamos todos os países a reconhecer o Estado da Palestina com Jerusalém Oriental como sua capital ocupada", indica a minuta da declaração preparada nesta quarta-feira em Istambul por esta organização, formada por 57 países de maioria muçulmana.


A OCI, formada por 57 países de maioria muçulmana, inclui desde sua fundação em 1969 a Palestina como membro pleno, com sua capital em Jerusalém.

O documento, apresentado pelos "reis, chefes de Estado e de Governo dos Estados membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)", apresenta em 23 pontos a postura do mundo muçulmano perante a decisão dos EUA.

Nesse texto, a OCI &quo…

Rússia e China planejam novo modelo avançado de helicóptero pesado

A Rússia e a China estão planejando desenvolver um novo helicóptero de transporte pesado com capacidade de carga de quinze toneladas, de acordo com o porta-voz da corporação estatal russa Rostec, Viktor Kladov.


Sputnik

Segundo o funcionário, ambos os lados já estão em processo de negociação sobre as características do novo modelo.


"Será um helicóptero de carga pesada que, vazio, pesará 38 toneladas [métricas] e cuja carga útil será de cerca de quinze toneladas [métricas]. Assim, o conceito já está lá. E agora, a companhia de design e fabricação Helicópteros Russos está iniciando conversações com a contraparte chinesa, relacionadas às características técnicas do novo helicóptero", disse Kladov à Sputik.

Mi-26 Halo
Ele também observou que a empresa russa planeja assinar um contrato geral com os seus parceiros chineses antes do final deste ano. Kladov também disse que a Rússia está mais interessada em cooperação industrial, enquanto que o lado chinês está buscando participar do projeto no âmbito de uma joint venture.

Segundo os planos preliminares, o escritório de design da companhia Mil lidará com o processo de concepção, enquanto que a Helicópteros Russos deverá se focar na produção dos novos modelos.Em maio de 2015, a Helicópteros Russos e a Corporação de Aviação Industrial da China fecharam o respectivo acordo-quadro de cooperação. O documento estipula que as partes devem cooperar em todos os domínios relativos ao desenvolvimento e à preparação para a produção em série do chamado Helicóptero Avançado de Carga Pesada (AHL, na sigla em inglês).

Estima-se que a demanda pela aeronave na China deverá passar de 200 unidades até 2040.

O AHL será projetado para voar em quaisquer condições climáticas e adaptado especificamente para servir em países com climas quentes e em terras altas.

Em maio de 2014, o diretor executivo da Helicópteros Russos, Alexander Mikheev, disse que a Rússia e a China poderiam desenvolver uma nova versão modificada do Mi-26 Halo de transporte pesado, o maior e mais poderoso helicóptero já produzido em série, com aplicações civis e militares.

Postar um comentário