Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Rússia pode ser parceira da Índia em projeto de porta-aviões

O porta-aviões Vikramaditya, construído em estaleiros da Rússia, é a principal embarcação da Marinha indiana e é uma das unidades de combate mais poderosas do Oceano Índico.


Sputnik

A Rússia parece o parceiro mais provável da Índia na construção do porta-aviões IAC-2 e no fornecimento de caças, afirmou à Sputnik nesta quarta-feira um representante do Centro para Análise do Comércio Mundial de Armas (TSAMTO).


Flight Deck of Vikramaditya Aircraft Carrier
 INS Vikramaditya © Foto: Indian Navy

Anteriormente, a Índia já havia recorrido à companhia russa Rosoboronexport, assim como a empresas americanas, britânicas e francesas com pedidos para a participação no desenvolvimento e na construção do porta-aviões indiano moderno que pesará 65 toneladas.

O representante do TSAMTO argumenta que a cooperação baseada em tecnologia russa será lucrativa para os dois países. O porta-aviões Vikramaditya — uma unidade central da Marinha indiana — foi produzido originalmente na Rússia. Seria lógico que a Índia equipasse a embarcação com caças MiG-29K / KUB — os mesmos usados a bordo do Vikramaditya.

Ele também lembrou que a Rússia contribuiu ativamente para a modernização da Marinha indiana com o fornecimento de submarinos classe Kilo e fragatas do Projeto 11356.


Postar um comentário