Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Alemanha gasta 20 milhões de euros a mais por exercícios na Ucrânia

Um porta-voz do Ministério da Defesa alemão afirmou que o país irá aumentar de 70 para 90 milhões de euros seus gastos militares em virtude dos exercícios militares da OTAN na Ucrânia.


Sputnik

Um total de 154 mil soldados da Bundeswehr participarão de exercícios militares internacionais este ano. O número é pouco menor do que em 2014 (160 mil), mas mais do que o dobro se comparado com 2013 (73 mil).


Soldados da OTAN em exercício chamado Saber Junction no sul da Alemanha
© AP Photo/ Matthias Schrader

Apenas na Polônia e nos países bálticos há 4.400 soldados alemães envolvidos em 16 exercícios diferentes. Mais de 35 mil soldados, de 35 países, incluindo três mil alemães, participarão do exercício "Trident Juncture", em Itália, Espanha e Portugal, de 28 de setembro a 16 de outubro.

O Partido de Esquerda alemão critica as manobras. De acordo com um de seus integrantes, Heike Hensel, o propósito das atividades é agravar relações com a Rússia e colocar sob ameaça a ordem pacífica que existe na Europa.


Postar um comentário