Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Cidadão da Suécia é investigado por crimes de guerra cometidos na Ucrânia

A justiça da Suécia abriu uma investigação para apurar a possível participação de um habitante do país em supostos crimes de guerra cometidos na Ucrânia, durante conflitos contra separatistas da região de Donbass, segundo informou a Promotoria Pública de Estocolmo nesta quinta-feira.


Sputnik

"Eu posso confirmar que há uma investigação aberta contra um habitante da Suécia. Ela está relacionada a suspeitas de (participação em) crimes de guerra cometidos na Ucrânia em 2014", declarou a promotora Tora Holst em entrevista à agência de notícias sueca Tidningarnas Telegrambyrå (TT). 


De acordo com a agência TT, diversos cidadãos suecos, incluindo representantes de grupos extremistas da direita, viajaram para a Ucrânia para combater ao lado das tropas de Kiev em Donetsk e Lugansk
© AFP 2015/ GENYA SAVILOV

"Essa investigação pode durar um longo tempo até que a pessoa em questão seja informada sobre as suspeitas. Se a pessoa for interrogada como um suspeito e quiser um advogado, ela terá um, é claro", acrescentou Holst.

De acordo com a agência TT, diversos cidadãos suecos, incluindo representantes de grupos extremistas da direita, viajaram para a Ucrânia para combater ao lado das tropas de Kiev em Donetsk e Lugansk desde o início dos conflitos, em abril do ano passado.



Postar um comentário