Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Caça F-22 dos EUA faz pouso de emergência no Alasca

Nesta quarta-feira (11), um caça de quinta geração F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA fez um pouso de emergência em uma base militar no Alasca, de acordo com a agência AP.
Sputnik

De acordo com a agência, a aeronave aterrissou na base de Elmendorf-Richardson, na cidade de Anchorage, devido a uma falha no funcionamento do chassi de aterrissagem.

As imagens do acidente divulgadas pelo Facebook demonstram que uma das rodas não saiu e a aeronave acabou pousando sobre sua asa esquerda.

O piloto saiu ileso. Entretanto, a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Erin Eaton, informou sobre o início de uma investigação da ocorrência.

Outros acidentes

O avião F-22 é um caça bimotor monolugar produzido pela corporação norte-americana Lockheed Martin. A Força Aérea dos EUA conta com 186 aeronaves do modelo.

Em abril, foi registrada uma falha de motor em um F-22 durante a decolagem da base aérea de Fallon, como resultado a aeronave acabou caindo sobre a pista.

Outro acidente, que também ocorreu em abril, teve lu…

Eslováquia diz que não precisa de base permanente da OTAN

A Eslováquia não irá fazer o pedido de criar uma base permanente da OTAN no país, disse nesta quarta-feira (19) à RIA Novosti o diretor do serviço de imprensa da Chancelaria eslovaca, Juraj Tomaga.


Sputnik

Anteriormente o jornal The Wall Street Journal escreveu que os países situados no flanco oriental da OTAN irão realizar uma cúpula em 3-4 novembro em Bucareste para alcançar mais garantias de segurança por parte dos aliados, inclusive a criação de bases permanentes em alguns destes países. Da cúpula irão participar os líderes dos três países bálticos, assim como da Polônia, República Tcheca, Eslováquia, Hungria, Bulgária e Romênia. 


OTAN
OTAN © flickr.com/ Medien Bundeswehr

“Nós vemos e compreendemos a aspiração de alguns países-membros da OTAN para a criação de bases no seu território. A Eslováquia não pede a criação de uma base no seu território. Nós trabalhamos na criação de pequenos grupos de contato cuja tarefa principal será coordenar os planos de defesa nacionais com os planos da Aliança”, manifestou Tomaga.

Em setembro do ano passado, na cúpula da OTAN no País de Gales, o presidente eslovaco Andrej Kiska manifestou-se em favor de uma base logística da Aliança na cidade de Poprad, no nordeste da Eslováquia, centro de turismo alpino. Esta proposta provocou uma onda de indignação por parte dos habitantes locais.

Mais tarde, o ministro do Exterior eslovaco Miroslav Lajcak fez uma declaração para precisar que não se trata de criação de uma base, mas sim da utilização por parte da OTAN dos armazéns de logística que estão desativados no local. As autoridades da Aliança ainda não reagiram oficialmente à proposta de Bratislava.

Lembramos que, em 2014, a OTAN começou a reforçar a sua presença militar nos países do Leste Europeu que fazem fronteira com a Rússia, alegando um suposto envolvimento de Moscou na crise ucraniana.

A Rússia tem repetidamente negado as acusações e manifestou preocupação com o reforço da OTAN ao longo da sua fronteira ocidental, dizendo que o movimento poderá levar à desestabilização na região e no mundo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas