Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Venezuela está disposta a 'defender soberania e independência de Nicarágua'

Jorge Arreaza, chanceler da Venezuela, avisou da capital nicaraguense, Manágua, que o presidente Nicolás Maduro está disposto a apoiar a Nicarágua em defesa de sua soberania se for necessário.
Sputnik

"Se [nós] o povo bolivariano, os revolucionários da Venezuela, tivéssemos que vir à Nicarágua para defender a soberania e a independência nicaraguense, e oferecer nosso sangue pela Nicarágua, iríamos como Sandino, até à montanha de Nueva Segovia", expressou Arreaza.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela fez essas declarações durante a comemoração dos 39 anos do triunfo da Revolução Sandinista em Nicarágua, país para o qual viajou em 19 de julho.

O socialismo, enfatizou Arreaza, é o caminho certo, e assegurou que a Venezuela passou por uma situação semelhante da qual a Nicarágua enfrenta desde abril deste ano.

"Caros compatriotas, dizemos-lhes porque vivemos essa mesma experiência que vocês vivem nos últimos meses, nós as chamamos de guarimbas [termo para protesto popu…

Índia cancela programa MMRCA mas competição deve ser retomada

Poder Aéreo

O programa indiano MMRCA de caças, avaliado em US$ 20 bilhões, foi finalmente encerrado pelo governo indiano. Apesar do Rafale ter sido declarado o vencedor em 2012, indianos e franceses não conseguiram chegar a um acordo para a assinatura do contrato.


India_MMRCA-61021-700x398

Em abril deste ano Nova Delhi decidiu comprar apenas 36 caças Rafale de prateleira, sem transferência de tecnologia.

A Índia planejava comprar 126 caças para subsituir seus velhos MiG-21, MiG-27 e Jaguar. De acordo com o planejamento, 108 aviões seriam montados na Índia e 18 importados.

Os 36 aviões Rafale vão cobrir apenas parte da lacuna de caças e por isso uma nova concorrência deve ser retomada, segundo fontes indianas.

Os antigos concorrentes devem retornar com novas capacidades e novos preços.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas