Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

PropHiper - Mais rápido do que uma bala

Pesquisadores brasileiros desenvolvem veículo aéreo que se deslocará em velocidade hipersônica
DefesaNet

Se tudo correr como planejado, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizará dentro de dois anos o ensaio em voo do primeiro motor aeronáutico hipersônico feito no país. O teste integra um projeto mais amplo cujo objetivo é dominar o ciclo de desenvolvimento de veículos hipersônicos, que voam, no mínimo, a cinco vezes a velocidade do som, ou Mach 5.
Mach é uma unidade de medida de velocidade correspondente a cerca de 1.200 quilômetros por hora (km/h). O programa é coordenado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), um dos centros de pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da FAB, em parceria com a empresa Orbital Engenharia, ambos de São José dos Campos (SP).

Além do motor hipersônico, o projeto Propulsão Hipersônica 14-X (PropHiper), iniciado em 2006, prevê a construção de um veículo aéreo não tripulado (VANT), onde o motor será instalado. Batizado de 14-X, …

Novo submarino russo não é totalmente misterioso

A informação de que a Rússia está testando a mais recente adição à sua frota submarina, o submarino nuclear BS-64 Podmoskovie, aparentemente fez os analistas ocidentais tentar saber quais as capacidades do BS-64 nas missões de muitos meses em águas profundas do oceano.


Sputnik

O BS-64, anteriormente conhecido como K-64, não é um novo submarino, mas passou mais de 15 anos em uma fábrica de reparo localizada na cidade portuária russa de Severodvinsk. 


Northern Fleet. Nuclear submarines base
© Sputnik/ V. Kiselev

O Podmoskovie é capaz de transportar uma tripulação de 135 homens e está armado com mísseis balísticos de combustível líquido R-16 29RMU Sineva. O BS-64 passará a integrar a Frota do Norte russa.

O submarino, propulsado por dois reatores nucleares, foi convertido em um navio projetado para realizar investigação científica, podendo servir ainda como “nave-mãe” para minissubmarinos em águas profundas, incluindo o submarino superconfidencial Losharik.

A nova seção permite ao submarino instalar e retirar embarcações em águas profundas e inclui um departamento de pesquisa.

O BS-64 "parece ser um navio parcialmente científico, parcialmente navio-espião, parcialmente navio de informações, e parcialmente 'nave-mãe' para minissubmarinos e aviões. Mas ninguém fora do Kremlin e da futura tripulação sabe ao certo," diz o especialista militar David Axe no artigo intitulado "O novo submarino misterioso da Rússia."

Norman Polmar, um especialista em questões navais e de inteligência, demonstrou grande interesse pelo Podmoskovie, alertando que seria um erro subestimar os engenheiros russos.

"Eles são sempre muito mais inovadores do que nós", diz Norman Polmar, citado por David Axe. O especialista naval, que foi consultor do governo dos EUA na estratégia de submarinos, fala por experiência própria porque ele visitou empresas russas que desenvolvem submarinos.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas