Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Polônia abrigará armamentos pesados dos EUA em seu território

Pesados equipamentos militares dos EUA serão mantidos no território da Polônia a partir de meados de 2016, informou a agência Reuters citando como fonte o ministro da Defesa Nacional da Polónia Tomasz Siemoniak.


Sputnik

Este será primeiro caso em que o arsenal militar norte-americano será situado no território de um novo país-membro da OTAN na Europa Oriental e na região do Báltico, e que outrora já foi membro da União Soviética ou esteve sob sua influência direta.


Soldados americanos perto de um sistema antimísseis Patriot em Sochaczew, perto de Varsóvia, Polônia
Soldados norte-americanos e um sistema Patriot próximo a Varsóvia © REUTERS/ Franciszek Mazur/Agencja Gazeta

“Após conversações com nossos parceiros norte-americanos foram selecionados dois locais para o armazenamento de armamentos pesados das Forças Armadas dos EUA, sendo um deles no oeste da Polônia, e outro, na região noroeste do país” – disse Siemoniak.

“De acordo com as nossas previsões, o envio prévio dos equipamentos será realizado em meados de 2016” – destacou o ministro.

Siemoniak, no entanto, não chegou a especificar o tipo exato e o volume dos armamentos a serem enviados para a Polônia, especificando tampouco os locais precisos das bases militares onde os mesmos serão mantidos.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas