Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Venezuela comprará tecnologia russa para tropas de engenharia

Delegação do país acompanhou prova dos Jogos Internacionais do Exército para observar recursos em uso. Segundo militar venezuelano, equipamento russo é “o melhor e mais confiável do mundo”.


RIA NÓVOSTI

Ao longo dos próximos seis meses, a Venezuela comprará tecnologia russa para as suas tropas de engenharia, anunciou o major-general Acosta Prieto, das Forças Armadas venezuelanas.


Prova acompanhada por delegação venezuelana aconteceu durante os Jogos Internacionais do Exército Foto:Aleksandr Volojanin/RIA Nóvosti

“Viemos para a Rússia observar a tecnologia para tropas de engenharia que iremos adquirir nos próximos seis meses”, disse o major-general durante a competição de tropas de engenharia “Rota Segura”, que aconteceu na região de Nijni Novgorod, no último dia 12.

A competição fazia parte dos Jogos Internacionais do Exército, que reuniram 17 países, sobretudo ex-repúblicas soviéticas, e foram encerrados no sábado passado (15).

Em processo de modernização, o Exército venezuelano selecionou o equipamento russo, segundo o militar, por ser “o melhor e mais confiável do mundo”.

“Esperamos que, assim que a tecnologia seja obtida, a Venezuela consiga trazer a sua equipe para participar dos jogos militares internacionais”, acrescentou.

Prieto reforçou a proximidade entre Venezuela e Rússia, sobretudo na esfera militar. “Nós já compramos muito armamento russo, e gostamos de vir a esses eventos que fortalecem ainda mais a nossa cooperação”, disse.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas