Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Alemanha nega posicionamento de novas armas nucleares em seu território

O posicionamento de novos mísseis nucleares americanos em território alemão é apenas uma substituição de componentes obsoletos, afirmou o embaixador da Alemanha em Moscou, Rüdiger von Fritsch, em uma entrevista coletiva.


Sputnik

"Trata-se de substituir os componentes cuja vida útil expirou. O objetivo principal é manter a segurança das armas, e considero que isso beneficia todos", ressaltou.


Míssil nuclear americano
© AP Photo/ Charlie Riedel

O canal de TV alemão ZDF informou na semana passada que os Estados Unidos estavam realizando preparativos para posicionar bombas nucleares B61-12, recentemente atualizadas, na base aérea de Buechel, na Alemanha. Segundo o ZDF, a informação se baseava em uma revisão dos informes orçamentários federais dos Estados Unidos.

No entanto, o Ministério da Defesa alemão não confirmou o relatório. O Pentágono, por sua vez, declarou que os Estados Unidos não quebram nenhum acordo nuclear ao posicionar armas nucleares na Alemanha.



Postar um comentário