Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China tira mais um 'trunfo' aos EUA criando catapultas eletromagnéticas para porta-aviões

A China desenvolveu sua própria catapulta eletromagnética para os porta-aviões, sendo que anteriormente os EUA eram o único país que usava esse tipo de equipamento. Fazendo isso, o país asiático tem como objetivo melhorar a capacidade de combate dos seus grupos aeronavais.
Sputnik

Engenheiros chineses testaram o protótipo da catapulta eletromagnética de fabricação nacional com aviões de combate J-15, afirmou o contra-almirante chinês Yin Zhuo à edição China Daily. O alto responsável militar especificou que os aviões efetuaram "milhares de decolagens" usando a catapulta.


As catapultas dos porta-aviões são utilizadas para dar um impulso extra à aeronave (o que não é necessário se a aeronave decola do chão), devido à pequena pista de aterrissagem dos porta-aviões. Anteriormente, esse impulso era produzido por vapor.

O dispositivo eletromagnético usa um cabo de aço que liga o avião à catapulta e o faz decolar. De acordo com a mídia, o uso da catapulta foi conseguido devido ao sucess…

Cooperação técnico-militar entre Brasil e Rússia continua com compra de Pantsir S1 em 2016

O Brasil comprará sistemas de mísseis russos Pantsir S1 em 2016, declarou um alto funcionário do Serviço Federal Russo para Cooperação Técnico-Militar nesta terça-feira (8).


Sputnik

Os dois países começaram as negociações sobre o fornecimento dos Pantsir em 2012, mas as negociações foram adiadas devido às restrições do orçamento brasileiro.


Sistema de defesa russo Pantsir S1
© AP Photo/ Alexander Zemlianichenk

“A Rússia foi informada que a atribuição de meios do orçamento brasileiro para comprar os Pantsir está planejada para 2016”, declarou o alto funcionário à agência noticiosa russa RIA Novosti.

O Pantsir S1 (SA-22 Greyhound, segundo a OTAN) é um sistema russo de mísseis terra-ar de curto e médio alcance e também um sistema de artilharia antiaeronaves. Entrou ao serviço em 2012 e substituirá gradualmente o sistema automotor Tunguska.

Nos próximos dias 14 e 15 de setembro será realizada em Moscou a IX Reunião da Comissão Intergovernamental de Cooperação (CIC) Brasil-Rússia, na qual no âmbito da cooperação militar entre os dois países serão discutidos, entre outros temas, a criação de um centro de manutenção para helicópteros Mi-35 (vendidos pela Rússia ao Brasil).

Além disso será apresentado ao lado brasileiro o sistema automatizado russo “Cidade Segura”, desenvolvido para os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, realizados em fevereiro de 2014.


Postar um comentário