Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Drone-stealth para voo a grande altitude sairá do papel em 2016

Autonomia, invisibilidade e voos acima de 10 mil metros são características previstas. Modelo será o primeiro veículo aéreo não tripulado da Rússia para grandes altitudes e com grande autonomia de voo.


TATIANA RUSSAKOVA | GAZETA RUSSA

Um novo veículo aéreo não tripulado com tecnologia stealth para voos a grande altitude está sendo desenvolvido pelo Instituto Central de Aero-Hidrodinâmica Jukóvski, em parceria com a Fábrica Miassichev de Engenharia Mecânica Experimental.


UAV_stealth
Trabalhos de pesquisa e desenvolvimento do Obzor-1 serão concluídos em 2016 Foto:Press Photo

Os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento do drone, sob o nome de código Obzor-1, serão concluídos em 2016. Em seguida começará a criação do primeiro protótipo.

O Obzor-1, cujo nome poderia ser traduzido por “visão geral”, terá asa alongada com elevada relação de carga, o que aumenta as características aerodinâmicas do veículo.

Embora não se tenha mais detalhes do projeto, o programa estatal de armamento da Rússia define que a autonomia de voo do drone se estenda por, pelo menos, 24 horas, e a altitude de voo não seja inferior a 10 mil metros.

A Rússia não dispõe hoje de um veículo aéreo não tripulado para grandes altitudes e com grande autonomia de voo. O drone Orion-2, da Kronstadt, consegue voar entre 20 a 60 horas, mas é projetado para voos a altitudes médias.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas