Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Drone-stealth para voo a grande altitude sairá do papel em 2016

Autonomia, invisibilidade e voos acima de 10 mil metros são características previstas. Modelo será o primeiro veículo aéreo não tripulado da Rússia para grandes altitudes e com grande autonomia de voo.


TATIANA RUSSAKOVA | GAZETA RUSSA

Um novo veículo aéreo não tripulado com tecnologia stealth para voos a grande altitude está sendo desenvolvido pelo Instituto Central de Aero-Hidrodinâmica Jukóvski, em parceria com a Fábrica Miassichev de Engenharia Mecânica Experimental.


UAV_stealth
Trabalhos de pesquisa e desenvolvimento do Obzor-1 serão concluídos em 2016 Foto:Press Photo

Os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento do drone, sob o nome de código Obzor-1, serão concluídos em 2016. Em seguida começará a criação do primeiro protótipo.

O Obzor-1, cujo nome poderia ser traduzido por “visão geral”, terá asa alongada com elevada relação de carga, o que aumenta as características aerodinâmicas do veículo.

Embora não se tenha mais detalhes do projeto, o programa estatal de armamento da Rússia define que a autonomia de voo do drone se estenda por, pelo menos, 24 horas, e a altitude de voo não seja inferior a 10 mil metros.

A Rússia não dispõe hoje de um veículo aéreo não tripulado para grandes altitudes e com grande autonomia de voo. O drone Orion-2, da Kronstadt, consegue voar entre 20 a 60 horas, mas é projetado para voos a altitudes médias.


Postar um comentário