Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan diz que Turquia continuará operação na Síria, pactuada com Moscou

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta segunda-feira que seu país não interromperá sua operação militar lançada no sábado contra as milícias curdas aliadas dos Estados Unidos no norte da Síria e insistiu que esta operação está pactuada com a Rússia.
EFE

"Não vamos retroceder em Afrin. Falamos com os russos e há consenso", disse o político islamita em relação à região do norte da Síria nas mãos das milícias curdas Unidades de Proteção do Povo (YPG), que Ancara considera terroristas e aliadas da guerrilha curda da Turquia, o PKK.


Erdogan voltou a acusar os EUA de armar e apoiar as YPG, aliadas de Washington contra o grupo jihadista Estado Islâmico.

"Não são honestos conosco. Continuaremos o nosso caminho no marco das conversações que mantemos com a Rússia", apontou.

"Queríamos comprar armas (com os EUA). Não nos deram e entregaram as mesmas armas a organizações terroristas. Que tipo de aliança estratégica é essa?", afirmou o presidente da T…

Frota da Crimeia recebe caças SU-30SM

A frota russa do mar Negro na Crimeia acaba de receber vários caças da quarta geração SU-30SM (código da OTAN: Flanker-C), declarou nesta sexta-feira (4) o porta-voz da frota.


Sputnik

O capitão de primeira classe Vyacheslav Trukhachev disse aos jornalistas:

"O avião acabou de chegar para a área do destacamento permanente e está sendo preparado para voos no âmbito do programa para dominar a nova tecnologia".


Caça SU-30SM
© AFP 2015/ VASILY MAXIMOV

O caça SU-30SM é uma modificação de mais velho Su-27UB (código da OTAN: Flanker) capaz de realizar missões ar-ar e ar-terra e carregar vários tipos de munições de alta precisão. O caça tem motores da vetorização do impulso propulsor que aumenta maneabilidade em muito.

Atualmente a Rússia realiza um programa de rearmamento que custa US$ 325 bilhões para modernizar 70% da sua força armada até 2020.

Em julho a assessoria de imprensa do Distrito Militar Sul russo anunciou que a frota do mar Negro receberá dois submarinos da classe Varshavyanka. Em geral a frota receberá seis submarinos diesel-elétricos até finais de 2016.

A frota do mar Negro é estacionada na península de Crimeia e na região de Krasnodar e opera nos mares Negro e Mediterrâneo.



Postar um comentário