Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Helicóptero H225M começa a operar no Esquadrão Puma da FAB

3º/8º GAv recebeu primeiro helicóptero do modelo na semana em que completou 35 anos de atuação


Poder Aéreo

A Helibras participou da cerimônia de incorporação do primeiro H225M do Esquadrão Puma (3º/8º GAv) na Base Aérea dos Afonsos, no Rio de Janeiro. O evento teve a presença de Comandantes Operacionais e Logísticos da Força Aérea e vários convidados tendo como fundo os helicópteros Super Puma operados pelo Esquadrão.


Chegada primeiro H225M do 3_8

A cerimônia de entrega do primeiro H225M ao 3°/8° GAv marcou também os 35 anos de criação do Grupo de Aviação. Nascido em 1980, o Esquadrão Puma foi batizado com o nome dos helicópteros que operava naquela época. Seis anos depois, os antigos Puma foram substituídos pelos Super Puma na realização de missões de Busca e Salvamento, Transporte, Evacuação Aeromédica, SAR, dentre outras.

O mais moderno helicóptero da família, o H225M, irá operar dentro do mesmo leque de atividades do Esquadrão, além de estar preparado para atuar também em situações de catástrofes naturais e em grandes eventos que o país possa receber.

Essa aeronave oferece uma extensão operacional às atividades da Força, especialmente pela capacidade de voos durante o dia e a noite. E antes mesmo do recebimento, os tripulantes realizaram treinamentos para dominarem a nova máquina.

As aulas foram ministradas pelo Esquadrão Falcão (1º/8º GAv, de Belém), unidade que implantou o H225M no seu acervo em 2011. Foram realizados treinamentos em voos diurnos e noturnos básicos, IFR (Voo por Instrumentos), treinamento de situações de pane em um dos motores, resgate na água e demais usos das modernas tecnologias e sistemas do helicóptero. A formação ainda incluiu técnicas de manutenção e atividades com a equipe de resgate.



Postar um comentário