Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Japão acredita que avião russo violou espaço aéreo do país

O Ministério da Defesa do Japão comunicou que "provavelmente" um avião russo entrou nesta terça-feira no espaço aéreo do país na região da ilha de Hokkaido.


Sputnik

"Provavelmente, um avião russo foi avistado perto da península de Nemuro perto das 14h locais", informou o departamento militar japonês em sua página na internet.


Tupolev Tu-95 Bear

A aeronave se deslocou do norte ao sul entre a península de Nemuro e a ilha de Kunashir (Curilas do Sul) e depois retornou e continuou seu voo na direção oposta, afirma a nota.

Segundo acredita o Ministério da Defesa, a aeronave permaneceu no espaço aéreo japonês durante cerca de 16 segundos. O departamento militar do país admite não conhecer o tipo de aeronave ou sua procedência.

Há dois anos, em agosto de 2013, o Ministério da Defesa do Japão acusou aviões russos de violar o espaço aéreo do país. Na ocasião, supostamente dois bombardeiros estratégicos russos Tu-95 sobrevoaram a região de Fukuoka, no sul do Japão. O Ministério da Defesa russo negou as acusações.


Postar um comentário