Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Líder alemã classifica relações OTAN-Rússia como insatisfatórias

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, declarou nesta segunda-feira (31) que a Rússia e a OTAN visam estabelecer relações construtivas, mas atualmente os laços estão a um nível insatisfatório.


Sputnik

"Tudo o que fizemos na cimeira da OTAN no País de Gales, tudo o que os países do Leste e do Centro da Europa declaram é baseado no fato de que nós tentámos e continuamos tentando alcançar relações construtivas entre a OTAN e a Rússia, que ainda estão a um nível insatisfatório."


Chanceler da Alemanha Angela Merkel
© AP Photo/ Markus Schreiber

As relações entre as partes deterioraram-se muito devido à situação na Ucrânia, que desde 2014 vive a grave crise política. Os EUA e os seus aliados acusam a Rússia de participar no conflito, enquanto Moscou refuta tais acusações, afirmando possuir interesse numa resolução rápida e pacífica da situação no país vizinho.

Ao mesmo tempo, a OTAN aumentou a sua presença militar na Europa, especialmente nos países que fazem fronteira com a Rússia. O chanceler russo, Sergei Lavrov, tem declarado que o surgimento de estruturas adicionais da OTAN perto das fronteiras russas não corresponde aos acordos entre a Rússia e a aliança.


Postar um comentário