Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Novo chanceler georgiano anseia por aderir à OTAN

O novo ministro das Relações Exteriores planeja aderir à OTAN e manter a política pragmática em relação à Rússia.


Sputnik

"As prioridades da política externa da Geórgia, naturalmente, continuam as mesmas porque não são definidas pelo desejo de qualquer governo, mas pela vontade livre da população georgiana", disse o recém-nomeado chanceler Giorgi Kvirikashvili na quarta-feira (2).


US and Georgian servicemen, with Georgian and US flags in front, take part in the joint US-Georgia military exercise at the Vaziani base outside the Georgian capital, Tbilisi, Georgia, Thursday, May 21, 2015
© AP Photo/ Shakh Aivazov

Na segunda-feira (31), o primeiro-ministro georgiano, Irakli Garibashvili, substituiu a ministra das Relações Exteriores, Tamar Beruchashvili, com o ministro da Economia do país Kvirikashvili.

“A linha da política externa da Geórgia não será alterada, em particular, o país continuará o seu caminho de integração europeia e à OTAN, a política pragmática para com a Rússia”, afirmou Kvirikashvili na quarta-feira.

Na semana passada, um novo centro de treinamento da OTAN abriu na Geórgia, como parte das medidas para incentivar a Geórgia nos seus esforços para aderir à aliança, que foi aprovado na cúpula da OTAN no País de Gales, em setembro de 2014.

A cooperação institucional entre a Geórgia e a OTAN começou em 1994, quando a Geórgia se tornou membro do programa da OTAN Parceria para a Paz. A cooperação dos países com a organização se intensificou em 2004, após a Revolução Rosa que levou à demissão forçada do presidente Eduard Shevardnadze.

A Rússia expressou preocupação sobre da presença militar intensificada da OTAN na Europa de Leste, advertindo que possa ameaçar para a segurança regional. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores russo, a abertura do centro de treinamento da OTAN na Geórgia é uma provocação que visa ampliar a influência geopolítica da aliança.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas