Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Pentágono se preocupa com projeto de drone submarino da Rússia

O Pentágono está preocupado com o desenvolvimento russo de um projeto de submarino não tripulado, capaz de transportar dezenas de megatons em ogivas, escreve The Washington Free Beacon.


Sputnik

O projeto, que teria sido apelidado pelo próprio Pentágono com o codinome Canyon, faz parte do programa de modernização das forças nucleares da Rússia, e representa um potencial perigo para bases de submarinos norte-americanos, destaca a publicação.

“Esse drone submarino será capaz de desenvolver grandes velocidade e percorrer longas distâncias” – revelou uma fonte anônima entrevistada pelo The Washington Free Beacon.

Segundo a publicação, as característica apresentadas pelo drone submarino Canyon dariam a ele a capacidade de atacar bases estratégicas de submarinos dos EUA. O projeto, no entanto, ainda estaria longe de um protótipo ou da realização de testes, destacou o interlocutor.

O especialista naval Norman Polmar, acredita que o Canyon pode estar sendo desenvolvido com base no torpedo nuclear soviético T-15, sobre o qual ele chegou a dedicar um de seus livros.


Torpedo nuclear T-15

“A marinha russa e o seu antecessor, a marinha das URSS, foram inovadoras na área de sistemas e armas subaquáticas” – comentou Polmar, destacando que o mesmo vale para os mais avançados torpedos já criados até hoje.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas