Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Rússia e EUA retomam contatos na área da defesa

O ministro da Defesa da Federação da Rússia e o secretário da Defesa dos EUA, Ashton Carter, constataram a retomada dos contatos bilaterais na área da defesa.


Sputnik

Os dois países irão também retomaram as consultas na área da defesa.


Ashton Carter e Sergei Shoigu
Ashton Carter e Sergei Shoigu © Foto: AFP/PAUL J. RICHARDS/ Sputnik/Valery Melniko

Segundo o Pentágono, tal decisão foi feita durante uma conversa telefônica entre os dois ministros.

A conversa foi dedicada aos "mecanismos de descarga do conflito na Síria".

Na quarta-feira, o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, afirmara que a Rússia tinha proposto manter contatos com os EUA no âmbito militar para tratar da situação na Síria.

Já hoje, Kerry reconheceu que o programa de treinamento da oposição armada síria não deu os frutos esperados.

Segundo o secretário de imprensa do Departamento da Defesa, Peter Cook, o chefe do Pentágono suspendeu os contatos com o ministro da Defesa russo pro causa do suposto envolvimento da Rússia na crise ucraniana.

A Síria vive uma guerra civil desde 2011. Em breve, o grupo terrorista Estado Islâmico (proibido na Rússia e em uma série de outros países) chegou a representar mais uma ameaça séria, além de grupos da oposição armada e outros grupos terroristas, como a Frente al-Nusra. Os EUA encabeçam uma coalizão internacional que combate o Estado Islâmico, porém Washington não reconhecia o direito de certas partes de participar deste combate — nomeadamente, o governo legítimo sírio. A Rússia, por sua parte, tem insistido na necessidade de consolidar a coalizão.



Postar um comentário