Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Tropas norte-americanas continuam matando policiais afegãos

As forças de segurança afegãs sofrem novas perdas nas províncias sob o controle da OTAN.


Sputnik

Segundo o porta-voz do departamento de luta contra o narcotráfico do Ministério do Interior afegão, Sayeed Mahdi Kazemi, que deu entrevista à Sputnik, desconhecidos causaram a morte de pelo menos 10 funcionários deste departamento. O ataque foi realizado em uma província do sudoeste do país, onde se encontra uma base militar da OTAN. Foi iniciada uma investigação.


Soldado das tropas norte-americanas na província de Candaar, Afeganistão
© Foto: US Army / Staff Sgt. Shane Hamann

Segundo Kazemi, o incidente aconteceu durante uma operação de policiais afegãos, coordenada com os dirigentes das forças de segurança da província de Helmand.

"Os nossos policiais do departamento antidroga prepararam o plano de ação para realizar uma nova operação. Receberam a autorização das forças de segurança da província de Helmand. Assim, a operação foi plenamente coordenada inclusive os percursos dos funcionários do Ministério do Interior. As forças policiais autorizadas a realizar a operação chegaram à região de Band-e-Timur, que fica entre as províncias de Candaar e Helmand. Foi ali que desconhecidos os atacaram. Estou dizendo "desconhecidos" propositadamente porque ainda não posso confirmar as identidades dos que realizaram o ataque", frisou.

Esta segunda-feira (7), o The Wall Street Journal informou sobre a morte de pelo menos 11 policiais afegãos em resultado de um ataque da força aérea norte-americana.



Postar um comentário