Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

TOA - MPF quer que Exército consulte indígenas antes de instalar microcentral hidrelétrica no Tumucumaque

Comunidades indígenas têm direito à consulta prévia, livre e informada sempre que empreendimentos afetem seu território
MPF | DefesaNet

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que determine à União, na figura do Exército Brasileiro, não instalar microcentral hidrelétrica na terra indígena do Parque do Tumucumaque (AP), até que sejam atendidos todos os requisitos constitucionais para a exploração de recursos hídricos em terra indígena. Além disso, há também a necessidade de avaliação dos impactos socioambientais do empreendimento, bem como a consulta livre, prévia e informada aos indígenas. A ação foi protocolada em 11 de outubro.

A microcentral tem o objetivo de fornecer energia elétrica para propiciar autonomia ao pelotão, composto por 45 militares, localizado na faixa de fronteira entre Brasil e Suriname, no parque do Tumucumaque. Atualmente, os militares contam apenas com oito horas diárias de energia elétrica, dependendo integralmente de geradores a diesel, óleo cujo trans…

4ª Bda C Mec realiza Operação Guaicurus

Forças Terrestres

A Operação teve por objetivo realizar a avaliação operacional da estrutura organizacional da Brigada, com a dotação dos meios tecnológicos do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON), no cumprimento de missões no amplo espectro dos conflitos, considerando as funções de combate movimento e manobra, inteligência, comando e controle, fogos, proteção e logística.


4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada realiza Operação Guaicurus - FOTO EB1
M60 A3 TTS

Participaram da operação nove Unidades subordinadas à 4ª Bda C Mec, totalizando 723 militares e 123 viaturas. Além disso, uma comitiva de quarenta capitães-alunos da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército do Paraguai acompanhou toda a Operação.

Durante a atividade, também foi realizado o tiro das armas coletivas, com o Carro de Combate M60 A3 TTS e com obuseiros, morteiro pesado e Metralhadoras MAG e .50.

Os resultados obtidos com a atividade servirão de subsídios para propostas de revisão de manuais de campanha, cadernos de instrução e outras publicações doutrinárias do Estado-Maior do Exército.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas