Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Após meses de missão de paz, navio de guerra atraca em Maceió

Alagoas 24 Horas

Oito meses após partir em missão de Paz na Força Interina das Nações Unidas do Líbano (UNIFIL), o navio fragata “União” voltou para o Brasil e atracou nesta sexta-feira, 16, no Porto de Maceió. Segundo a Capitania dos Portos, o navio será aberto à visitação das 14 às 18h neste sábado e domingo.


Fragata F-45 União

A missão UNIFIL foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1978 e conta, atualmente, com a participação de 35 países, incluindo o Brasil, e com cerca de 12 mil militares e policiais, além de funcionários civis. No dia 29 de setembro de 2011, foi autorizado, pelo Congresso Nacional, a Marinha do Brasil enviar um navio para integrar a Força-Tarefa Marítima (FTM) da UNIFIL. A presença do navio brasileiro naquela região contribui para a garantia da paz e da segurança no sul do Líbano.

No dia 24 de fevereiro, quando a Fragata “Constituição” for substituída pela Fragata “União”, na área de operação, ocorrerá o rodízio do navio da Marinha brasileira, pela sexta vez. A FTM da UNIFIL é comandada pelo Contra-Almirante Walter Eduardo Bombarda, da Marinha do Brasil. O retorno da Fragata “União” ao Rio de Janeiro vai ocorrer ainda este mês.


Postar um comentário