Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Aviação russa destroi novos alvos do EI na Síria

As Forças Aeroespaciais da Rússia realizaram nesta sexta-feira, 2, um total de 14 voos na Síria em caças Su-34, Su-24M e Su-25, informou à imprensa o representante oficial do ministério russo da Defesa, general-major Igor Konashenkov.


Sputnik

"Ao longo do dia o grupo russo de aviação continuou fazendo ataques aéreos pontuais a alvos do grupo terrorista Estado Islâmico na Síria. Foram feitos 14 voos em aviões Su-34, Su-24M e Su-25, durante os quais foram realizados seis ataques contra alvos do EI" – disse o general.


Pessoal técnico militar russo faz manutenção de aviões Su-24 no aeroporto Hmeimim, na Síria
Sukhoi Su-24 © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

Assim, na região do povoado de Khan Shaykhun, na província de Idlib, mísseis russos lançados pelo bombardeiro Su-24M e pelo caça de ataque Su-25 destruíram um posto de controle local do Estado Islâmico.

Além disso, aviões russos destruíram durante o dia uma base de armamentos e uma fábrica de explosivos do grupo terrorista.

A Rússia iniciou sua ofensiva aérea contra as posições do Estado Islâmico na Síria na quarta-feira, 30, em resposta a um pedido oficial de ajuda militar apresentado por de Damasco.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas