Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Blogueiro revela como Assad driblou inteligência dos EUA e viajou a Moscou

Um blogueiro militar observador de aviões descobriu a provável rota da visita de Bashar Assad, que deixou a Síria, cercada de aliados americanos por todos os lados, e viajou até Moscou para se encontrar com Putin.


Sputnik

A provável rota do presidente sírio, Bashar Assad, em sua visita secreta a Moscou foi revelada por um observador de aviões militares usando informações coletada pelo site rastreados de voos FlightRadar24.


A provável rota do voo de volta de Assad após a viagem a Moscou
A provável rota do voo de volta de Assad após a viagem a Moscou © FOTO: LIVEJOURNAL.COM

A visita de Assad a Moscou foi conduzida em segredo e só anunciada oficialmente após o retorno do presidente a Damasco. A viagem foi a primeira de Assad ao estrangeiro desde o início do conflito armado na Síria, em 2011.

O voo foi secreto, já que há questões de segurança envolvendo o transporte de um chefe de estado, e a aeronave poderia ter sido interceptada em baixa altitude nas proximidades de Damasco, onde grupos terroristas como o Estado Islâmico continuam presentes. Sobre o Iraque, o avião de Assad corria o risco de ser alvo de caças da coalizão liderada pelos EUA.

Além disso, a informação de que Assad deixou o país poderia ter sido usada para espalhar rumores de que o presidente havia fugido do país e, consequentemente, desestabilizar o governo e a população da Síria.

O blogueiro descobriu o avião governamental da Rossiya Airlines que provavelmente levou Assad da base aérea de Latakia, que também é o Aeroporto Internacional Basel al Assad, até Moscou. O avião foi visto inicialmente deixado o campo de voo de Chkalovsky antes de desligar seu transponder (equipamento que permite sua localização por radares de todo o mundo) no dia 20 de outubro. A aeronave, então, foi rapidamente avistada na manhã seguinte, sobre o Mar Cáspio, ao norte do Irã, e depois rumo a Moscou, em espaço aéreo russo.

Assad provavelmente voltou à Síria em outro avião governamental que voou com seu transponder ligado em toda a duração da viagem na noite de terça-feira. A aeronave, então, voltou à Rússia.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas