Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Caças fornecidos pela Rússia ao Iraque fazem primeiro ataque contra Estado Islâmico

Os caças Su-30, que a Rússia entregou a Badgá, efetuaram os primeiros ataques contra o grupo Estado Islâmico no Iraque, informou o serviço de imprensa do Exército iraquiano, citado pelo portal Shafaaq News.


Sputnik

"Um caça Su-30 destruiu três esconderijos dos jihadistas na província de Saladino, além de vários carros que se dirigiam a Mosul", diz o comunicado.


Caça Sukhoi Su-30SM
Sukhoi Su-30 SM © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

Anteriormente, noticiou-se que a Rússia poderia adiar o envio de seus caças Su-25, helicópteros Mi-28 e Mi-35 e outros tipos de armas a Bagdá por causa da situação crítica no país. Em junho, o assessor do presidente russo, Vladimir Kozhin, revelou que a Rússia previa fornecer armas ao Iraque por vários milhões de dólares.

Rússia, Iraque, Irã e Síria criaram em setembro, em Bagdá, um centro de informações integrado por representantes de seus Estados-Maiores para coordenar as operações contra o grupo terrorista Estado Islâmico.

A nova organização, que estará plenamente operacional dentro de dois meses, ficará encarregada de compilar, processar e analisar informações atuais sobre a situação no Oriente Médio, no contexto da luta contra os extremistas.


Postar um comentário