Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Coalizão liderada pelos EUA retoma ataques aéreos na Síria

A coalizão liderada pelos EUA realizou na quinta-feira, 1, oito ataques aéreos contra posições do grupo terrorista Estado Islâmico na Síria, retomando o ritmo normal de seus bombardeios desde o início da operação militar da Rússia naquele país, revelam dados do Comando Central das Forças Armadas dos EUA.


Sputnik

O Pentágono havia informado que os militares russos emitiram um aviso sobre o início de seus ataques contra o Estado Islâmico na Síria e recomendaram que aviões norte-americanos evitassem o espaço aéreo da Síria no decorrer da operação russa.


Coalizão liderada pelos EUA faz ataques aéreos contra o Estado Islâmico
© AFP 2015/ US NAVY / MC2 JACOB G. SISCO

Apesar de o Pentágono ter declarado que ignoraria este aviso, no primeiro dia da missão aérea da Rússia na Síria (quarta-feira, 30) a coalizão liderada pelos norte-americanos realizou apenas um ataque com um drone no país, destruindo escavadeiras do EI.

Seis dos oitos ataques aéreos realizados pela coalizão na quinta-feira, 1, aconteceram na região da cidade síria de Al-Hasaka. Neles, foram destruídos duas unidades táticas e um local de coleta de petróleo do EI, além de uma escavadeira, um carro e um prédio do grupo terrorista.

Enquanto isso, no Iraque a coalizão realizou um total de 20 ataques aéreos.

A Rússia iniciou sua ofensiva aérea contra as posições do Estado Islâmico na Síria na quarta-feira, 30, em resposta a um pedido oficial de ajuda militar apresentado por de Damasco.

A coalizão internacional liderada pelos EUA, por sua vez, realiza ataques aéreos contra o grupo terrorista na Síria desde setembro de 2014 sem coordenar suas ações nem com o Conselho de Segurança da ONU, nem com o governo sírio.



Postar um comentário