Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Única mulher a bordo do submarino argentino desaparecido é oficial pioneira

Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é a 'primeira submarinista' da Argentina. O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes no Atlântico Sul.
G1

Única mulher no submarino militar argentino desaparecido com 44 tripulantes no Atlântico Sul, Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é descrita pela imprensa local como primeira oficial submarinista do país e da América do Sul. Ela ocupa o cargo de chefe de armas do ARA San Juan, que perdeu contato com a terra na sexta-feira (17).

Eliana nasceu em Oberá, na província de Misiones, no nordeste da Argentina, e só conheceu o mar aos 21 anos de idade, destaca o perfil do jornal "Clarín". Após se formar no ensino médio, ela se matriculou na Universidade de Misiones para fazer faculdade de Engenharia Industrial.

Duas tragédias familiares levaram Eliana a desistir do curso: a morte de um irmão, em um acidente de trânsito, e a morte da mãe, em decorrência de um problema cardíaco.

Em um perfil publicado em 2015 na revista "Viva", que …

Conheça a base aérea russa na Síria (vídeo)

O correspondente do canal RT Murad Gazdiev visitou exclusivamente a base aérea das Forças Aéreas da Rússia em Latakia.


Sputnik

Os caças Sukhoi estão deslocando daqui para alvejar as posições do Estado Islâmico. A base está em estado de alta segurança e alerta constante devido o fato de que os terroristas estão só uns 40 km dela.


Su-24 russos na base russa perto de Latakia, na Síria
Sukhoi Su-24 sendo reabastecidos em Latakia © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

"Os dados sobre os ataques aéreos russos, recebidos de várias fontes, foram minuciosamente analisados. Eles mostram que os ataques foram realizados exclusivamente contra as posições do grupo terrorista Estado Islâmico. Ataques contra os lugares onde podiam estar civis ainda não foram planejados e nem foram realizados de maneira nenhuma"

De acordo informou o coronel Igor Klimov, o porta-voz do Ministério de Defesa da Rússia, que está lá na base em Latakia.
 



Postar um comentário