Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Morte made in Brazil: conflitos no Oriente Médio alavancam exportação de armamento do país

Uma missão árabe chegou ao Brasil interessada na compra de cargueiros KC-390 fabricados pela Embraer. A visita é resultado do esforço do Grupo Parlamentar Brasil-Arábia Saudita, criado no início deste mês, para aproximar os dois países no campo de defesa militar.
Sputnik

O KC-390 vai substituir os Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB), é o maior avião produzido na América e foi concebido como um jato militar de transporte, anunciado pela primeira vez na edição de 2007 da Latin America Aero & Defence (LAAD), no Rio de Janeiro. A produção do avião, com capacidade para 23 toneladas de carga, envolve parcerias com fornecedores de peças de Argentina, Portugal e República Tcheca. Com um custo unitário de US$ 85 milhões, o KC-390, em fase final de testes, tem recebido propostas de compra de vários países.



A compra do cargueiro, porém, é apenas um detalhe na exportação brasileira de armamentos não só para a Arábia Saudita, como também para vários países do Oriente Médio e do Norte d…

Corpos decapitados pelo grupo Estado Islâmico são encontrados na Turquia

Um jovem ativista sírio contrário ao grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e um amigo dele foram encontrados nesta sexta-feira (30) decapitados em uma casa do sul da Turquia. O anúncio foi feito pelo grupo "Raqa é massacrada em silêncio".


RFI

"Encontraram decapitados esta manhã o ativista Ibrahim Abdelkader e seu amigo Fares Hamadi, na residência deste último em Urfa", disse Abu Mohamad, um dos fundadores do grupo, que registra os abusos nas áreas controladas pelo EI na Síria.

Jihadista do grupo Estado Islâmico na cidade de Raqa.
Jihadista do grupo Estado Islâmico na cidade de Raqa. AFP/STR

Em uma mensagem publicada no Facebook, Mohamad acusou o grupo extremista de ter assassinado os jovens. Ibrahim AbdelKader tinha 20 anos e seu amigo por volta de 20. Os dois eram originários de Raqa.

Conivência turca

Anteriormente, já haviam sido mortos outros membros desse grupo de ativistas na Síria, mas nunca fora do país, segundo Mohamad. A agência de notícias turca Dogan informou, por sua vez, que foram decapitados dois jornalistas sírios e que a polícia turca prendeu sete sírios.

Ativistas da oposição síria, combatentes curdos e, inclusive, seus aliados ocidentais acusam há tempos a Turquia de permitir que membros do grupo EI entrem e saiam através de seus 911 km de fronteira com a Síria.


Postar um comentário