Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Estado Islâmico divulga vídeo de decapitação gravado por drone

O grupo terrorista Estado Islâmico divulgou a execução de um iraquiano na província de Anbar em um vídeo de alta resolução gravado com a ajuda de um drone, segundo informou o portal International Business Times.


Sputnik

A gravação mostra um jovem de cerca de 20 anos, com os olhos vendados e ajoelhado em uma praça cercada de espectadores. A cena grotesca se passa presumivelmente na cidade de Ramadi, na província iraquiana de Anbar. 




De acordo com a sentença enunciada no vídeo por um juiz da Sharia – a rigorosa lei islâmica pregada pelos terroristas sunitas nos territórios sob seu controle –, o homem será decapitado em público por ter “insultado Alá”.

Em seguida, o drone começa lentamente a ganhar altura enquanto o carrasco levanta sua espada sobre o pescoço da vítima. Na última imagem, o corpo do jovem iraquiano aparece deitado em uma poça de sangue.

As forças de segurança do Iraque, apoiadas pelos ataques aéreos da coalizão liderada pelos EUA, conduzem uma vasta operação a oeste de Ramadi, que se encontra sob o domínio do Estado Islâmico desde maio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas