Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Estado Islâmico divulga vídeo de decapitação gravado por drone

O grupo terrorista Estado Islâmico divulgou a execução de um iraquiano na província de Anbar em um vídeo de alta resolução gravado com a ajuda de um drone, segundo informou o portal International Business Times.


Sputnik

A gravação mostra um jovem de cerca de 20 anos, com os olhos vendados e ajoelhado em uma praça cercada de espectadores. A cena grotesca se passa presumivelmente na cidade de Ramadi, na província iraquiana de Anbar. 




De acordo com a sentença enunciada no vídeo por um juiz da Sharia – a rigorosa lei islâmica pregada pelos terroristas sunitas nos territórios sob seu controle –, o homem será decapitado em público por ter “insultado Alá”.

Em seguida, o drone começa lentamente a ganhar altura enquanto o carrasco levanta sua espada sobre o pescoço da vítima. Na última imagem, o corpo do jovem iraquiano aparece deitado em uma poça de sangue.

As forças de segurança do Iraque, apoiadas pelos ataques aéreos da coalizão liderada pelos EUA, conduzem uma vasta operação a oeste de Ramadi, que se encontra sob o domínio do Estado Islâmico desde maio.


Postar um comentário