Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

EUA e Rússia discutem possibilidade de coordenar ações na Síria

O Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado americano, John Kerry, conversaram por telefone nesta quinta-feira sobre a coordenação de esforços para estabilizar a situação na Síria e a implementação dos acordos de Minsk no leste da Ucrânia, informou o Ministério da Defesa russo.


Sputnik


O chanceler russo Sergei Lavrov e o secretário de Estado norte-americano John Kerry, Sochi, 12 de maio de 2015
Serguei Lavrov e John Kerry © REUTERS/ Joshua Roberts

De acordo com um comunicado publicado no site do ministério, Lavrov e Kerry continuaram a discutir maneiras de solucionar a crise na Síria, inclusive com a possibilidade da coordenação de esforços na luta contra os militantes do Estado Islâmico.

"As partes também discutiram a implementação dos acordos de Minsk, de 12 de fevereiro, sobre a Ucrânia no contexto da cúpula do Quarteto da Normandia, realizada no dia 2 de outubro, em Paris, bem como alguns assuntos da agenda bilateral", diz o comunicado.


Postar um comentário