Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

EUA e Rússia progridem em conversa sobre operações aéreas na Síria

Em videoconferência, Rússia e Estados Unidos apresentaram propostas relacionadas à segurança aérea na Síria, informou neste sábado o Ministério da Defesa russo.


Sputnik


Su-24 russos na base russa perto de Latakia, na Síria
Sukhoi Su-24 © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

“Discutimos detalhadamente as propostas de Rússia e Estados Unidos apresentadas no dia 1º de outubro, no primeiro evento deste tipo. Fizemos progresso na negociação de um possível acordo entre os ministérios da defesa dos dois países para garantir a segurança da aviação militar durante ataques contra terroristas internacionais na Síria”, diz o comunicado do Ministério da Defesa russo.

Ainda segundo o órgão, a data da próxima videoconferência ainda será marcada. O primeiro encontro aconteceu no dia 1º de outubro a pedido de Washington.



Postar um comentário