Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Fragata Bosísio se despede com ‘apagão’ no último Cerimonial à Bandeira

Poder Naval

A fragata Bosísio (F48) deu baixa do serviço ativo da Marinha do Brasil e durante seu último Cerimonial à Bandeira, o navio tremeu e “apagou”, ficou às escuras sem energia por alguns instantes.


F Bosísio (F 48)

A Bosísio estava recebendo energia de terra e, logo depois, ela retornou do nada, no momento do sinaleiro dizer “arriou”.

Os marinheiros sabem que os navios têm alma e a Bosísio, depois de quase 20 anos de serviço na Marinha do Brasil, certamente não queria ir de baixa.

Mas na vida nada é eterno e os navios, assim como os homens, passam. Permanecem porém as lembranças dos tempos de glória, dos exercícios, das operações da busca e salvamento, das fainas etc.

Fica aqui nossa homenagem à Bosísio e a todos os que a tripularam. Bravo Zulu, Bosísio! Missão Cumprida!


Postar um comentário