Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Fragata Bosísio se despede com ‘apagão’ no último Cerimonial à Bandeira

Poder Naval

A fragata Bosísio (F48) deu baixa do serviço ativo da Marinha do Brasil e durante seu último Cerimonial à Bandeira, o navio tremeu e “apagou”, ficou às escuras sem energia por alguns instantes.


F Bosísio (F 48)

A Bosísio estava recebendo energia de terra e, logo depois, ela retornou do nada, no momento do sinaleiro dizer “arriou”.

Os marinheiros sabem que os navios têm alma e a Bosísio, depois de quase 20 anos de serviço na Marinha do Brasil, certamente não queria ir de baixa.

Mas na vida nada é eterno e os navios, assim como os homens, passam. Permanecem porém as lembranças dos tempos de glória, dos exercícios, das operações da busca e salvamento, das fainas etc.

Fica aqui nossa homenagem à Bosísio e a todos os que a tripularam. Bravo Zulu, Bosísio! Missão Cumprida!


Postar um comentário

Postagens mais visitadas