Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Putin discute crise síria com rei da Arábia Saudita

O presidente da Rússia Vladimir Putin conversou nesta segunda-feira, 26, por telefone, com o rei saudita Salman, para discutir a regulação da crise na Síria, dando continuidade ao recente encontro entre os ministros das Relações Exteriores da Rússia, Turquia, Arábia Saudita e o secretário de Estado dos EUA.


Sputnik

"Foi dada continuidade à troca de opiniões sobre uma série de questões relativas à regulação da crise síria, inclusive levando em contra a reunião quadripartida com a participação dos chefes das chancelarias da Rússia, Arábia Saudita, EUA e Turquia, bem como os futuros contatos em diversos níveis e formatos" – diz um comunicado publicado esta segunda-feira, 26 no site do Kremlin.


Vladimir Putin e Mohammad bin Salman
Mohammad bin Salman e Vladimir Putin © Sputnik/ Aleksey Nikolskyi

Segundo informou o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, o encontro com seus colegas de pasta, realizado em 23 de outubro, em Viena, terminou com o entendimento comum de que o "grupo de apoio" na solução da crise síria precisa ser expandido. Nas suas palavras, o grupo deve incluir representantes de todos os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU. Ele destacou que o formato também poderia incluir a Liga Árabe e Organização de Cooperação Islâmica.

O serviço de imprensa do Kremlin também informou que durante a conversa telefônica entre os líderes da Rússia e da Arábia Saudita "foi discutida a situação em torno regulação do Oriente Médio… ambas as partes manifestaram preocupação com a degradação da situação em Israel e na Palestina".

"O rei saudita elogiou o papel tradicionalmente ativo da Rússia na promoção do processo de paz" – disse Kremlin.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas