Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Venezuela está disposta a 'defender soberania e independência de Nicarágua'

Jorge Arreaza, chanceler da Venezuela, avisou da capital nicaraguense, Manágua, que o presidente Nicolás Maduro está disposto a apoiar a Nicarágua em defesa de sua soberania se for necessário.
Sputnik

"Se [nós] o povo bolivariano, os revolucionários da Venezuela, tivéssemos que vir à Nicarágua para defender a soberania e a independência nicaraguense, e oferecer nosso sangue pela Nicarágua, iríamos como Sandino, até à montanha de Nueva Segovia", expressou Arreaza.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela fez essas declarações durante a comemoração dos 39 anos do triunfo da Revolução Sandinista em Nicarágua, país para o qual viajou em 19 de julho.

O socialismo, enfatizou Arreaza, é o caminho certo, e assegurou que a Venezuela passou por uma situação semelhante da qual a Nicarágua enfrenta desde abril deste ano.

"Caros compatriotas, dizemos-lhes porque vivemos essa mesma experiência que vocês vivem nos últimos meses, nós as chamamos de guarimbas [termo para protesto popu…

Queda de F/A-18 Hornet dos Marines na Inglaterra mata piloto

Poder Aéreo

Um caça F/A-18 Hornet pertencente ao USMC (US Marine Corps) em rota de Bahrain para os EUA caiu nesta quarta-feira em terras agrícolas no leste da Inglaterra, matando o piloto, informaram a polícia britânica e fontes militares americanas.




O avião havia decolado da base RAF Lakenheath em Suffolk – uma base dos EUA – e caiu perto da cidade de Ely, Cambridgeshire, disse a polícia em um comunicado.

O jato era um F/A-18C e pertencia ao Esquadrão 232, de acordo com a Marine Corps Air Station Miramar, na Califórnia. Em comunicado, o Corpo de Fuzileiros Navais confirmou a morte de piloto do avião. Não se sabe se ele ejetou da aeronave.

O caça estava transitando de Bahrein para Miramar em um voo de seis aeronaves, quando caiu cerca de seis milhas a noroeste da pista. Os cinco restantes F/A-18C desviaram com segurança para a base RAF Lossiemouth.

A Guarda Costeira do Reino Unido está atualmente na cena do local do acidente e está em estreita coordenação com autoridades militares dos EUA, informou o comunicado. A causa do acidente ainda é desconhecida.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas