Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Rússia ataca Q.G. do Estado Islâmico em Aleppo, destrói posto de comando e 20 tanques

Aeronaves russas destruíram três de sistemas de lançamento múltiplo de foguetes do Estado Islâmico e cerca de 20 tanques na Síria, de acordo com comunicado do Ministério da Defesa russo nesta segunda-feira (5).


Sputnik

Segundo a nota, dois caças Su-25 alvejaram o quartel-general dos jihadistas na cidade de Aleppo, bem como um posto de comando no topo da montanha de Jebel Batra.


Caça Su-34
Sukhoi Su-34

Além disso, mais de 20 tanques foram destruídos por um Su-34 na província de Homs.

Os aviões de combate do grupo aéreo russo implantado na Síria realizaram 15 missões nesta segunda-feira, atingindo dez alvos do grupo terrorista em várias partes do país, segundo disse o Ministério da Defesa russo.

O porta-voz Major General Igor Konashenkov destacou que os resultados do ataque aéreo foram confirmados por dados de reconhecimento sólidos, incluindo comunicações interceptadas entre os extremistas islâmicos.

Todos os ataques da Força Aérea Russa na Síria são direcionados para a desorganização do sistema de comando e de apoio técnico do Estado Islâmico, acrescentou Konashenkov.





Postar um comentário