Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Rússia convoca embaixador francês devido a incidente aéreo na França

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia convocou o embaixador francês na Rússia por causa do incidente aéreo envolvendo um caça francês e um avião que transportava deputados russos.


Sputnik

"Em 19 de outubro, o embaixador da França em Moscou, Jean-Maurice Ripert, foi convocado para uma reunião com o ministro adjunto das Relações Exteriores da Federação Russa Aleksei Meshkov para dar explicações em relação à quase colisão, ocorrida no espaço aéreo da França na manhã do mesmo dia, entre o avião da Força Aérea francesa e uma aeronave que transportava uma delegação parlamentar russa encabeçada pelo presidente da Duma de Estado, Sergei Naryshkin. A delegação se dirigia a Genebra para assistir à 133ª sessão da Assembleia da União Interparlamentar", diz-se no comunicado.


Ministério das Relações Exteriores da Rússia
Ministério das Relações Exteriores da Rússia © AFP 2015/ ALEXANDER NEMENOV

Foi destacado que tais ações minam a possibilidade de realizar reuniões multilaterais e negociações em França.

O membro da delegação russa Sergei Gavrilov disse à Sputnik que o avião francês manobrou de forma perigosa perto da aeronave da delegação russa.

O deputado expressou a certeza de que o diálogo construtivo com os deputados franceses é possível apesar do incidente.

“Esperamos um pleno entendimento mútuo com o parlamento francês, apesar de que hoje a Força Aérea francesa agiu de forma extremamente inamistosa em relação ao avião que transportava a delegação russa. Um dos caças manobrou perigosamente muito próximo do avião russo. Acho que nem na altura de Mitterand, nem na altura de Gaulle ou mesmo de Sarkozy tal incidente seria possível”, disse à Sputnik.

Entretanto, o Ministério de Relações Exteriores francês disse que o avião envolvido no incidente no espaço aéreo francês era suíço, informa a Reuters.


Postar um comentário