Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Rússia e EUA conversam sobre cooperação em resgate de pilotos na Síria

Rússia e Estados Unidos estão preparador para cooperar na busca e no resgate de pilotos na Síria, informou nesta terça-feira à Sputnik a porta-voz do Departamento de Defesa americano, tenente-coronel Michelle Baldanza.


Sputnik

Mais cedo, também nesta terça, Washington e Moscou assinaram um memorando de entendimento sobre os procedimentos de segurança durante suas operações na Síria.


Um Su-34 pousa no aeroporto Hmeimim, na Síria
Sukhoi Su-34 © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

"No caso de um piloto derrubado ou de uma aeronave em perigo, ambos lados entrarão em contato com o outro pelo canal recém-estabelecido. Outras ações serão determinadas no momento do incidente", explicou Baldanza, afirmando que nenhum outro acordo foi feito sobre o assunto.

O Ministério da Defesa da Rússia informou nesta terça que Moscou vê uma necessidade de estabelecer cooperação operacional com os Estados Unidos no que diz respeito ao resgate de pilotos na Síria.

O memorando de entendimento tem como objetivo evitar incidentes aéreos entre aeronaves russas e americanas, inclusive drones, operando no espaço aéreo sírio.

A Rússia vem lançando ataques aéreos precisos contra posições do Estado Islâmico na Síria desde o dia 30 de setembro a pedido do Presidente Bashar Assad. Uma coalizão liderada pelos EUA e cerca de 60 países vem bombardeando alvos do Estado Islâmico há mais de um ano sem o apoio da ONU ou do governo sírio.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas