Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Rússia fornece ajuda militar a curdos iraquianos a pedido de Bagdá

A Rússia fornece ajuda militar e técnica aos curdos iraquianos com o consentimento de Bagdá e por meio do governo do país, declarou nesta quarta-feira o ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.


Sputnik

“No que se refere ao Iraque, é imprescindível fortalecer os esforços conjuntos do governo central iraquiano e do Curdistão iraquiano em sua luta contra o terrorismo, trabalho que fazemos em acordo com as autoridades do Iraque e por meio de seu governo”, disse Lavrov em uma entrevista coletiva.


Militares curdos
Militares curdos © AFP 2015/ Marwan Ibrahim

O chanceler russo ressaltou que “no contexto da luta contra o terrorismo, como parte do reforço da capacidade defensiva para combater o Estado Islâmico e outros grupos semelhantes, está sendo fornecida ajuda técnica e militar aos governos soberanos, inclusive os governos de Síria e Iraque.”

Nesta quarta-feira, um porta-voz da Chancelaria turca disse à Sputnik que o embaixador dos EUA, John Bass, e o representante da Rússia, Andrei Karlov, foram chamados a dar explicações por causa da suposta ajuda militar prestada aos curdos sírios.


Postar um comentário