Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Síria: Em 15 dias, Rússia fez mais contra o Estado Islâmico do que os EUA em um ano

O presidente do parlamento sírio, Mohamad Jihad al-Laham, afirmou esta semana que os resultados alcançados nas operações da Rússia contra o Estado Islâmico na Síria em 15 dias são melhores do que os obtidos pela coalizão liderada pelos EUA em um ano.


Sputnik

O deputado destacou que os opositores às ações russas, em conjunto com o Exército sírio, são contra a luta do governo do presidente Bashar Assad para derrotar o terrorismo no país. Al-Laham lembrou que os EUA e seus aliados não impediram o avanço de organizações como o Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, afiliada da Al-Qaeda, na Síria, e tampouco a entrada de estrangeiros para lutar nas fileiras extremistas.


Bombardeiro Su-24 decola a partir de aeródromo de Khmeimim na Síria
Sukhoi Su-24 © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

Desde 30 de setembro, a Rússia está executando uma série de ataques aéreos contra as posições terroristas na Síria, enquanto o Exército do país faz incursões por terra. Os caças russos já destruíram grande parte da infraestrutura do Estado Islâmico e demais grupos, além de fazer inúmeras baixas humanas entre os extremistas que atuam no país árabe.



Postar um comentário