Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Síria: Em 15 dias, Rússia fez mais contra o Estado Islâmico do que os EUA em um ano

O presidente do parlamento sírio, Mohamad Jihad al-Laham, afirmou esta semana que os resultados alcançados nas operações da Rússia contra o Estado Islâmico na Síria em 15 dias são melhores do que os obtidos pela coalizão liderada pelos EUA em um ano.


Sputnik

O deputado destacou que os opositores às ações russas, em conjunto com o Exército sírio, são contra a luta do governo do presidente Bashar Assad para derrotar o terrorismo no país. Al-Laham lembrou que os EUA e seus aliados não impediram o avanço de organizações como o Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, afiliada da Al-Qaeda, na Síria, e tampouco a entrada de estrangeiros para lutar nas fileiras extremistas.


Bombardeiro Su-24 decola a partir de aeródromo de Khmeimim na Síria
Sukhoi Su-24 © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

Desde 30 de setembro, a Rússia está executando uma série de ataques aéreos contra as posições terroristas na Síria, enquanto o Exército do país faz incursões por terra. Os caças russos já destruíram grande parte da infraestrutura do Estado Islâmico e demais grupos, além de fazer inúmeras baixas humanas entre os extremistas que atuam no país árabe.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas