Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Submarino nuclear russo conclui com sucesso travessia no Ártico

O submarino atômico estratégico Yuri Dolgorukiy voltou à base principal das forças submarinas da Flotilha do Norte após cumprir com sucesso uma travessia de dois meses no Ártico, declarou o chefe de imprensa da Flotilha, capitão Vadim Serga.


Sputnik

“Segundo o relato do capitão Vladimir Shirin, comandante da travessia, as missões foram cumpridas com sucesso em sua totalidade pela tripulação. A parte material da embarcação funciona corretamente, a tripulação está bem de saúde e pronta para continuar cumprindo as tarefas requisitadas.”


Submarino nuclear Yuri Dolgoruki
Submarino nuclear Yuri Dolgorukiy © Sevmash

Os resultados da primeira navegação autônoma no Oceano Glacial Norte também foram altamente valorizadas pelo comando da Flotilha do Norte da Rússia.

“A tripulação do Yuri Dolgorukiy confirmou mais uma vez que a Armada Russa atualmente dispõe dos submarinos de mísseis nucleares mais modernos, capazes de cumprir missões de contenção estratégica nos oceanos do mundo, inclusive a navegação sob gelo no Ártico”, declarou o comandante da Flotilha do Norte, Vladimir Korolev, citado por Serga.

Submarino da classe Borei, o Yuri Dolgorukiy foi incorporado à Marinha russa em 2012.


Postar um comentário