Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Voa o primeiro caça F-16V

Primeiro F-16V com radar AESA voa nos céus de Fort Worth, no Texas


Poder Aéreo

FORT WORTH, Texas, Oct. 21, 2015 /PRNewswire/ — A Lockheed Martin (NYSE: LMT) realizou com sucesso o primeiro voo do F-16V, a última e mais avançada versão do F-16 do mercado. O voo realizado no dia 16 de outubro foi o primeiro em que um F-16 voou equipado com o radar APG-83 Active Electronically Scanned Array (AESA) Scalable Agile Beam Radar (SABR) da Northrop Grumman, que dará um salto quântico na capacidade do venerável F-16.




A configuração de aviônicos avançados do “Viper” F-16V também inclui uma nova cabine Center Pedestal Display, um computador de missão modernizado, um barramento de dados Ethernet de alta capacidade, e vários outros sistemas de missões melhorados que adicionam coletivamente capacidades de combate significativas para enfrentar os ambientes de ameaça dinâmicos emergentes nas próximas décadas.

“Este voo é um marco histórico na evolução do F-16”, disse Rod McLean, vice-presidente e gerente geral do Lockheed Martin’s F-16/F-22 Integrated Fighter Group. “A nova configuração F-16V inclui inúmeras melhorias projetadas para manter o F-16 na vanguarda da segurança internacional, fortalecendo sua posição como principal avião de caça de 4ª Geração provado em combate .”

O F-16V, uma opção tanto para F-16 de nova produção ou upgrades, é a configuração de próxima geração que alavanca uma infra-estrutura de apoio comum em todo o mundo e oferece melhorias significativas de capacidade para o mais acessível, caça multi-função provado em combate do mundo .

O radar AESA APG-83 SABR de controle de fogo da Northrop Grumman fornece capacidade de radar ar-ar e ar-terra de 5ª geração. A Northrop Grumman também fornece radares AESA para o F-22 Raptor e F-35 Lightning II.

Com mais de 4.550 caças F-16s foram entregues até esta data, o F-16V é um passo natural na evolução do caça de 4ª Geração mais bem sucedido do mundo.


Postar um comentário